Macroeconomia e mercado

Notícias

Antonio Cabrera e ADM conversam sobre nova parceria em usinas

Dois grandes usineiros garantiram ao RR que o ex-ministro da Agricultura Antonio Cabrera tem conversado com a ADM sobre uma nova parceria na produção de etanol. Vá entender.

Cabrera e os norte-americanos já dividiram uma usina em Minas Gerais, mas a sociedade acabou num inflamável contencioso. (Jornal Relatório Reservado 02/09/2014)

 

Cepea diminui vantagem de preço do açúcar desta safra frente à anterior

Os preços do açúcar cristal em São Paulo, que vinham registrando no correr da safra atual (2014/15) valores superiores aos do ano passado, registraram média de R$ 45,54/saca de 50 kg em agosto/14, exatamente a mesma verificada em agosto/13, em termos reais.

Vale lembrar que, em abril/14, início oficial da safra 2014/15, a média do Indicador CEPEA/ESALQ do açúcar cristal (mercado paulista), cor Icumsa entre 130 e 180, foi de R$ 50,86/sc de 50 kg, 8,18% superior à de abril/13 (R$ 47,01/sc).

Em maio/14, a média mensal (de R$ 50,88/sc) foi 7,75% maior que a do mesmo mês de 2013 (R$ 47,23/sc). Em junho/14, a média (R$ 49,27/sc) superou em 5,88% à de junho/13 (R$ 46,53/sc) e, em julho/14 (R$ 47,07/sc), apenas 0,73% (R$ 46,73/sc 50 kg). Todos os valores foram deflacionados pelo IGP-DI de julho/14.

Os maiores preços no correr da atual safra estão atrelados à menor produção, por conta da forte seca que prejudicou as lavouras no período de desenvolvimento. Além disso, a demanda, no geral, segue firme. Já em agosto, o avanço da moagem enfraqueceu os valores ao longo do mês. (CEPEA / ESALQ 02/09/2014)

 

COMENTÁRIO MACRO E MERCADO

Mundo

1) Zona do Euro – o índice de preços ao produtos (PPI) da zona do euro caiu 1,1% em julho deste ano ante mesmo mês do ano anterior e caiu 0,1% ante o mês anterior. Os dados foram em linha com as estimativas  do mercado e aumentam a expectativa para a reunião do Banco Central Europeu na próxima quinta-feira na qual alguns investidores esperam novas medidas de estímulos.

2) Austrália – o Banco Central da Austrália (RBA) manteve a taxa de juros em 2,50% no mínimo histórico que já se mantém por 13 meses. De acordo com o RBA, o baixo nível do juro básico é necessário para dar suporte ao emprego.

3) China – o Banco Central da China (PBoC) retirou 18 bilhões de yuans (US$ 2,9 bilhões) do sistema financeiro hoje. Na última semana, o PBoC havia injetado um total de 45 bilhões de yuan.

4) Reino Unido – o índice dos gerentes de compras da construção do Reino Unido subiu para o nível de 64, acima do esperado de 61,5, em relação ao mês anterior no qual o índice estava em 62,4.

Brasil

1) Produção Industrial – a produção industrial apresentou alta no mês de julho de 0,7%, acima das expectativas de 0,5%, ante o mês anterior. Por outro lado, a produção industrial apresentou queda de 3,6%, acima do esperado de queda de 3,7%, ante o mesmo mês do ano anterior.

2) Balança – a balança comercial brasileira apresentou superávit de US$ 1,17 bilhão no mês de agosto, sendo o pior resultado para o mês dos últimos 13 anos. De acordo com o Estado de São Paulo, o resultado foi influenciado pela exportação ‘fictícia’, apenas contábil, de uma plataforma de petróleo no valor de US$ 1,1 bilhão.  O saldo da balança comercial ate agosto acumulou um superávit de US$ 249 milhões. No mesmo período de 2013, o saldo da balança era negativo em US$ 3,75 bilhões.

3) Produto Interno Bruto – a pesquisa Focus, divulgada semanalmente pelo Banco Central do Brasil, apresentou queda nas expectativas de crescimento do Produto Interno Bruto do Brasil para 0,52%. De acordo com o jornal o Estado de São Paulo, esta foi a 14ª queda consecutiva e a pior desde Março de 2010.

4) Vendas de Automóveis – de acordo com o jornal Folha de São Paulo, os emplacamentos de carros de passeio e comerciais leves em agosto registraram queda de 7,4% na comparação com julho, frustrando a expectativa das montadoras que esperavam uma leve alta no primeiros mês após o termino da copa. No acumulado do ano, o número de licenciamentos caiu 9,4% em relação a 2013.